ESG – Garantindo um novo cenário para gerações futuras

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Podemos dizer, que da mesma forma como os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, a onda ESG veio ajudar a humanidade no papel de ferramenta auxiliadora, no processo de transição para um novo cenário social e econômico.

Enquanto há quase pelo menos 2 décadas o Japão e a Europa já discutem e investem em ESG, o Brasil não chega a ter, se quer, índices significantes que possam afirmar que estamos alinhados com suas diretrizes.

Precisamos entender melhor o que a sigla ESG significa na prática e no que ela pode somar para o desenvolvimento da sociedade, das pessoas e do planeta.

ESG vem do inglês Environmental, Social & Governance, ou em português, ASG referindo-se à Ambiental, Social e Governança, que representa um conjunto de valores e critérios éticos que uma companhia aplica em suas operações e tem como objetivo melhorar as relações organizacionais do negócio.

Embora, no Brasil, exista uma resistência em aderir a prática sustentável e responsável, por questões políticas e até mesmo por falta de informação, ainda sim, vem-se observando o crescimento das questões ESG que impactam no processo de resultados e investimento das empresas.

O que significa que a consciência empresarial vem fortalecendo esse novo conceito para adentrar numa nova realidade.

Lembrando que com a adesão dessa nova ferramenta, estaremos alinhados a mentalidade dos investidores internacionais, que não encontrarão obstáculos para investirem no Brasil, uma vez que as empresas multinacionais já estão adeptas a toda essa contingência sustentável.

Vendo um país alinhado à ESG é garantir um novo cenário para as gerações futuras, principalmente, na área ambiental, onde as ameaças poderão no futuro, deixar de existir.

 

William Santiago e Silva é especialista em Relacionamento com Clientes e Head de Marketing da Ratio Inteligência em Sustentabilidade.

Open chat
Powered by